domingo, 20 de janeiro de 2013

Governo da Argélia descreve operação de resgate dos reféns


Por Uehara Yuu
Fonte:NHK World Press All Rights Reserved


O governo da Argélia justificou a realização de uma operação militar numa usina de processamento de gás natural, alegando que precisava impedir que um grupo de militantes escapasse levando reféns.

O ministro do Interior da Argélia descreveu, durante uma declaração emitida sábado, os detalhes da operação. Ele explicou que na quarta-feira um grupo militante havia atacado ônibus que levavam funcionários da usina até o aeroporto. O ataque resultou num tiroteio com os guardas, durante o qual um argelino e um britânico foram mortos.

O grupo militante atacou então a usina de processamento de gás e os alojamentos dos funcionários que fica a cerca de 3 quilômetros do local do tiroteio. Eles se esconderam nas instalações transformando os funcionários em reféns.

Segundo a declaração do governo, o grupo militante tinha 32 membros, incluindo especialistas em explosivos. Entre os militantes, três eram argelinos.

O Ministério do Interior salientou que o governo teria mobilizado as tropas com o objetivo de libertar os reféns e proteger a usina, decidindo então usar da força quando os militantes tentaram escapar e ameaçaram explodir as instalações.

3 comentários:

  1. e espero ver muito terrorista morto nessa

    sobre a programação é essa nossa intenção ao fazer o guia, ajudar o povo a ver coisas realmente interessantes

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar. Não seram postados comentários de baixo calão,racista ou piadinhas sem sal. Sei que você é capaz de fazer um comentário de qualidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...